Protegendo o Aço contra a Corrosão

Os equipamentos fabricados em material ferroso, dentre eles o aço estão naturalmente expostos a corrosão (ferrugem). Este fenômeno pode reduzir a vida útil de máquinas, equipamentos e ferramentas.

Porém existem algumas técnicas para combater e reduzir a corrosão, algumas são aplicadas apenas no processo de fabricação das peças, enquanto outras precisam ser adotadas na manutenção dos equipamentos, garantindo o aumento de sua vida útil.

 

Galvanização

A galvanização forma um revestimento resistente a corrosão, através da aplicação de uma camada protetora de zinco.

A galvanização ocorre durante os processos de fabricação, onde as peças são imersas em um banho de zinco. Neste processo o zinco adere a superfície das peças, formando assim uma camada protetora contra os efeitos da corrosão.

Porém existem técnicas de proteção que podem ser aplicadas com a utilização da manutenção preventiva.

 

Manutenção Preventiva

Você conhece e adota a manutenção preventiva de máquinas e equipamentos em sua empresa?

A manutenção preventiva de equipamentos consiste em procedimentos de manutenção que ocorrem de forma planejada e rotineira, evitando assim o surgimento de falhas e problemas de maior complexidade.

Os custos com um bom programa de manutenção preventiva são comprovadamente inferiores aos prejuízos causados por falhas que podem comprometer e paralisar a produção de forma repentina.

Muitas empresas adotam apenas a manutenção corretiva, ou seja, a manutenção só é realizada quando o equipamento apresenta alguma falha de funcionamento.

Porém esta modalidade de manutenção não é indicada, pois além de possuir maiores custos se comparada a manutenção preventiva, ela também não possui a mesma capacidade de contribuir para o aumento da vida útil das máquinas e equipamentos.

Vamos conhecer agora, outros métodos de proteção contra a corrosão e o aparecimento da ferrugem, que podem e precisam fazer parte do programa de manutenção preventiva de sua empresa.

 

Pintura

A pintura também possui como característica a proteção do aço e demais materiais ferrosos contra a corrosão.

Quando a tinta é aplicada sobre uma superfície metálica, é formada uma película que atua como uma barreira entre o metal e o meio corrosivo.

Todas as tintas contribuem para a proteção contra a corrosão, porém existem no mercado opções especiais que possuem aditivos para melhorar o seu poder de proteção. Estamos falando das tintas anticorrosivas.

 

Lubrificação

A lubrificação de peças e componentes metálicos possuem diversas funções que contribuem significativamente para o aumento da vida útil de máquinas e equipamentos. Dentre elas podemos citar a redução do atrito, diminuição do calor e refrigeração de componentes, proteção contra o acúmulo e a entrada de impurezas e proteção contra a corrosão.

Como podemos observar é preciso ter um programa de manutenção preventiva dos equipamentos e o manter sempre em dia. Com atenção especial a lubrificação é possível retardar os efeitos da oxidação e o aparecimento da ferrugem.

 

Limpeza

Outro ponto que merece o nosso destaque e atenção é a limpeza dos equipamentos. Realize uma limpeza periódica evitando assim o acúmulo de poeira e umidade que contribuem para a aceleração de oxidações e redução da vida útil dos equipamentos.

 

Já baixou nosso infográfico? Clique abaixo, é GRÁTIS: